quarta-feira, 26 de agosto de 2009

continuamos caminhando

Silvana conseguiu uma recuperação satisfatória dos procedimentos realizados na segunda feira (colocação do filtro e a broncoscopia). Manteve-se estável, sedada e respira com ajuda do respirador.

Ela voltou a ser transfundida no domingo e desde então vem se mantendo os níveis nos exames de sangue. A transfusão ocasional é uma necessidade pelo gasto que ela faz de elementos do sangue para combater as infecções.

A infecção hospitalar de Petrópolis ainda permanece em níveis discretos e o marcador da proteína C reativa, verificado através de exames de sangue vem baixando, indicando que as infecções e inflamações vem diminuíndo suas ações.

A famosa mancha que aparece nos raios X diminuiu com a broncoscopia e a Silvana já recruta uma área maior para a troca de gases.

Tudo isso, aliado ao filtro da veia cava que garante uma segurança maior para evitar acidentes vasculares, vai fazer com que o Márcio leve-a novamente ao centro cirúrgico; dessa vez vai fazer a fixação do osso do sacro e permitir que ela seja movimentada com maior segurança e possa sentar-se, que será fundamental na saída do respirador para evitar maiores pressões sobre os pulmões.

O dreno permanece sujeito à avaliações e por enquanto fica onde está.

Hoje, não fosse a fratura que necessita de cirurgia no osso do sacro, ela teria condições de voltar ao "desmame" do tubo, o que representa um avanço enorme em relação à última extubação, pois ela terá maior condição de permanecer longe do respirador por termos conseguido abrir caminho na limpeza dos pulmões, no trato da infecção hospitalar, reconhecido o problema do coágulo (que poderia ser fatal em caso de movimento) e solucionado o problema do osso do sacro (se Deus quiser e tenho certeza de que Ele quer) que ninguém havia alertado para gravidade.

Todos os dias agradeço a intervenção que houve através da minha irmã e do meu cunhado ao recrutarem o Márcio para o nosso exército. Não fosse a remoção não saberia dizer quão grave poderia ter se transformado o quadro da Silvana.

Em Petrópolis, a rapidez do atendimento manteve-a viva, mas as contribuições para a cura foram pequenas. Agradeço a todos no Hospital Santa Teresa pelo empenho no tratamento, mas as melhores condições do Hospital Samaritano (comparável a qualquer excelente hospital paulistano, referência brasileira) estão se mostrando fundamentais para que ela avance na recuperação.

Gente, é mais um dia esperando por boas notícias, ainda não tenho notícias de como ela passou a noite, mas acho que continuava com a recuperação em bom estágio (pelo menos esse era o estado ontem perto das 0h00). Por favor, vamos manter a nossa corrente em funcionamento porque ela vem servindo para animar a Silvana nesse longo caminho para fora do CTI e do Hospital.

Obrigado a todos pela solidariedade.

3 comentários:

Simone disse...

Adelino, continuamos em oração sem cessar... e Deus a sustentará.. tenho certeza de que hje ainda ela será operada e as coisas vão caminhar no seu reestabelecimento ....Fé e estamos juntos nessa batalha!! Bjs

pavesi disse...

Isso ai cara. Vou continuar torcendo para a recuperação. Um dia de cada vez. Já já ela vai estar em casa.
Vou continuar rezando por vocês.
Abç,
Paulo Pavesi.

Clédia disse...

Adelino, a corrente continua... Estou certa de que as notícias serão cada vez melhores!!!
Agradeça à Cristina e a seu cunhado em meu nome também!!!
Grande abraço para todos!

Clédia