sábado, 14 de setembro de 2013

a novela da Fat continua: erro p1353

E ainda não foi dessa vez que consegui fazer a moto rodar.

Com a troca dos sensores do acelerador (throttle) e temperatura do coletor (intake temperature) a moto passou a responder à aceleração com mais precisão, em compensação o defeito original ficou mais fácil de perceber.

Saindo com a moto para rodar, o defeito foi se agravando até que a moto deu a impressão de que estava com apenas um cilindro funcionando. Chequei cabo de vela e vela e estava tudo normal.

Na volta para casa, ainda com a sensação de apenas um cilindro funcionando, já acendeu a luz da injeção e verificando o log de erro apareceu a mensagem p1353 - front cylinder no combustion (falta de combustão no cilindro frontal).

Falta de combustão significa problema na centelha ou falta de combustível. Como o bico foi limpo e testado, os cabos de vela e as velas foram trocados, o vilão ficou sendo a bobina.

Tirei a bobina e testei na moto de um amigo e não apresentou defeito.

De volta ao início, inspeção visual de velas (normal), e verificação dos contatos do cabo de vela (normal). Sobrou para o bico.

A ideia inicial era trocar os bicos de lugar, mas o mecânico que fez a limpeza pediu para verificar se houve algum problema novo e mandei para ele verificar.

Até agora, a pesquisa pelo defeito me fez substituir várias peças que já apresentavam desgaste pelo uso (filtro e regulador de pressão, mangueiras, sensores no coletor, velas e cabos) e uma peça cuja a troca parece ter sido desnecessária (linha de combustível), além do tempo para fazer tudo isso em casa (já são três meses), sem descobrir a causa do defeito original.

Em termos de custos, ainda não chegou a números exagerados (R$95 para o regulador, R$ 225 para o filtro, R$ 60 para a limpeza dos bicos, U$85 para os sensores), mas o desgaste das tentativas faz com que eu perca a confiança na moto, a grande qualidade dela.

Vamos ver se ela recupera isso novamente.

5 comentários:

Bayer - Old Dog disse...

Que coisa irritante... Eu tinha um erro de injeção na minha antiga Dyna que tentei resolver de todas as formas, mas ele sempre voltava. Hoje ela pertence a um grande amigo, que a comprou sabendo desse erro, mas ele nunca mais apareceu... Vai entender.

Eu dei uma pesquisada no HDForuns e quem teve esse problema seguiu a sua lógica de trocas também.

Qual era o estado da sua vela dianteira?

Anônimo disse...

Ola, wolf! A minha Dyna uma vez ficou assim com um problema parecido, falhando primeiro e depois explodindo apenas um cilindro. O problema foi no conector eletrico do bico injetor de vante. Com a vibração ele acabou folgando, ficou com mal contato e depois soltou de vez. Tenta dar uma olhada nos conectores eletricos se tao tudo ok e aperta eles. Espero que de certo. abraco.
Ricardo Certo

Anônimo disse...

wolf, bom dia.
"sugestões atrasadas e´melhor que não sejam dadas" mas... vc deveria ter commprado um carburador e os acessórios, imagina camarada, vc que eh uma referência em hd no brasil, abandonar a efi? os fundadores iriam resuscitar assombrar estes engenheiros de nada, que não conseguem fazer uma e efi que funcione,chama o chines da "effa motors" rsrsrrsrsr.
para vc empresto minha 97 carburada
abraço forte
americo.ney@gmail.com

wolfmann disse...

Bayer, a vela estava com eletrodo na cor certa e com a folga correta, sem apresentar desgaste no eletrodo. Tanto a vela que retirei quanto a vela que estou usando agora.

Ricardo, antes de tirar os bicos verifiquei as tomadas e encaixes: tudo em ordem. Vamos o ver o novo veredicto sobre os bicos.

Américo, obrigado pela oferta. Ainda não desisti da injeção: acho importante localizar a causa do defeito. Substituir a injeção pelo carburador não é um processo difícil e já existem relatos sobre esse procedimento no fórum Harley. O Adriano já fez essa substituição em duas motos aqui no Rio e se decidir por esse caminho já tenho até o carburador para usar.

Sou teimoso, vou insistir na pesquisa.

Alberto Gamboa disse...

Olá amigos eu comprei uma Heritage com vários problemas e um deles era o erro p1353 (falta de combustível no cilindro dianteiro), primeiro a moto dava umas cabeçadas em baixa depois dava falta em alta, um dos problemas constatados foi a mangueira de combustível dentro do tanque estava furada e dava refluxo, trocada resolveu o problema da cabeçada em baixa, depois troquei as velas e cabos, mesmo assim dava falta em alta erro p1353 e a luz da injeção acendia, fiz uma revisão geral de bicos, pressão de bomba, atuadores, sensores e tudo estava perfeito e o erro continuava, visto que a moto esta com os escapamentos abertos ocorre que a moto necessita de mais combustível e um fluxo de ar mais frio, fiz um suporte, um cano e uma corneta na frente puxando o ar mais a frente dos escapamentos (ar frio) e fiz a troca dos cabos de velas novamente, colocando cabos da marca MSD, por final a moto ficou perfeita e não acende mais a luz da injeção.
Espero que minha experiência possa ajudar os amigos Abraço. att: Alberto Gamboa