sábado, 3 de outubro de 2009

Electra Glide 2009

Sei que os modelos 2010 (para o salão da motocicleta não se esperam grandes novidades, exceto a Sportster 883 Iron) já foram apresentados pela Harley-Davidson, mas a grande vedete deste ano são as Electra Glides.

Estes modelos foram bastante modificados, resolvendo vários problemas e puxaram as vendas no início do ano.

Existem dois modelos à venda no Brasil: a Electra Glide Classic e a Electra Glide Ultra Classic. Diferenças entre elas são acessórios, sendo a Ultra o modelo mais sofisticado presente no Brasil, sem contar as unidades CVO que possam ter sido encomendadas.

Embora existam diferenças de acessórios entre os dois modelos, a ciclística, motorização, chassi e eletrônica são as mesmas em ambos os modelos.

E por isso as opiniões dos novos proprietários vem mostrando grande satisfação no momento de colocá-las na estrada, independente dos acessórios, mas todos vem mostrando grande insatisfação com o uso delas no momento do transito pesado ou das manobras para estacionar.

E aqueles que fizeram o chamado upgrade do modelo antigo pelos novos modelos 2009 são mais enfáticos ainda na crítica ao uso da moto nessas condições.

Em resumo todos dizem que a moto é muito difícil de ser usada no momento em que se necessita do esforço físico do piloto para empurrar ou segurar a motocicleta e o grande problema apontado vem sendo a altura do banco em relação ao solo.

Se o banco consegue ser excelente na estrada, macio e muito confortável, o mesmo não se pode dizer no momento em que se coloca os pés no chão. Os mais baixinhos aprendem a usar a ponta dos pés e os mais altos reclamam do peso, uma vez que as pernas se mantém muto esticadas aumentando o esforço físico.

Os novos modelos tem maior altura por conta dos novos pneus mais altos para poderem ser mais largos e do banco ainda mais macio, mas também mais alto. A altura cresceu bastante: dependendo do peso embarcado pode chegar a ser mais alta quase três polegadas (quase oito centímetros).

Resultado disso são os tombos parados ou parando que acontecem pelo simples motivo do piloto não conseguir "plantar" o pé no chão para o apoio da motocicleta de mais de 400 Kg.

Soluções vem sendo tentadas como refazer o banco ou instalar um kit a gás da Progressive Suspension que pode rebaixar a moto em até uma polegada (quase três centímetros). A própria HD já oferece no site americano (www.harley-davidson.com) acessórios para pilotos mais baixos como o banco Reach Seat (p/n 52619-08), mais baixo e mais cavado (1/2 polegada de diferença) e o Touring Pull Back Handlebar (p/n 56176-08) que tem tamanho 2 polegadas maior e dessa forma você conseguiria trazer os comandos mais para perto sem a provavel necessidade de trocar os cabos.

Meia polegada mais baixo pode parecer pouco, mas o banco mais cavado permite que o piloto consiga fechar mais as pernas e ganhar bem mais do que essa meia polegada e o guidão maior conseguiria deixar o piloto com os braços menos esticados e com a coluna mais relaxada por não estar inclinado para frente, bastando para isso regular o guidão como é feito nas softail: girando no riser e trazendo mais para perto do piloto.

Uma outra opção é o banco BadLander, mas isso vai contra a grande qualidade das Electra Glides: o conforto do garupa e eu descarto essa solução.

4 comentários:

drrafaelsouza disse...

Ola Wolfmann. Parabens pelo seu blog. conheci voce atraves de um forum sobre HD e vi que do assunto vc entende. Por isso, peço sua orientação: tenho uma Electra glide 2001 e gostaria de colocar um banco individual (solo). saberia me dizer qual a melhor opçao e onde encontro em sp?? Desde ja agradeço e mais uma vez parabens ...
ladobladoa@ig.com.br

wolfmann disse...

A questão do banco é muito individual porque você vai precisar levar em conta suas características pessoais, principalmente o tamanho.
Nas Electra Glides nunca vi um banco solo. Já vi vários bancos com menos espuma deixando a moto com um visual mais limpo, principalmente se tirar o tour pack traseiro (já existe um kit para deixar o tour pack destacável).
Um amigo fez essa modificação (mudou o banco e retirou o tour pack) e achei que ficou muito bom. A opção foi o banco original HD BadLander, mais baixo e cavado.
A HD tem duas opções de banco solo original para a EG: o Sundowner Solo Bucket Seat (p/n 51092-04 e a versão mais macia - smooth p/n 51928-01) e o Brawler Seat (p/n 53373-02A) que é mais fino e indicado para a Road King e acredito que sirva também na EG.
Você pode pedir direto nos EUA ou conversar na Via Usa Brasil (conversa com o Caio) para trazer para você.
Para uma versão mais personalizada o Pedrinho (Pedrinho Bancos) e o Mário da Recar costumam fazer bons trabalhos aí em SP e são muito citados nos fóruns de proprietários.

Anônimo disse...

Legal suas definições, ajudam muito.
Hoje mesmo pude contatar as dificuldades de alguns motociclista ao manobrarem a El G.mesmo no plano. Necessitavam de auxílio para puxa-las para tras.
Abraços
Soueu

five.dimension disse...

Grande Wolf! Pretendo adquirir minha primeira HD essa semana, uma Ultra Glide ano 2010 e seus comentários tem sido fundamentais para que possa conhecer mais dessa máquina. Sou grato por sua ajuda. Abraço!

Sergio Trevisani - São Paulo/SP