domingo, 7 de abril de 2013

Street Glide 2013: mudança na suspensão traseira

Celestino Gomez, companheiro de estrada há algum tempo já havia me chamado a atenção para a mudança na Street Glide: a suspensão traseira havia sido "simplificada" deixando de usar a regulagem pneumática, característica da família Touring, e passando a usar pré-carga na mola em cinco posições.

Neste último sábado encontrei com ele em Visconde de Mauá e ele me perguntou se havia lido algum relato ou reclamação sobre essa mudança.

Acho que nem os proprietários da SG 2013 atentaram para a mudança. Quem chega nas tourings procura o conforto para viajar e a suspensão pneumo-hidraúlica é um dos grandes motivos para a compra.

A mudança deprecia o modelo que deixa de usar o grande diferencial em relação às demais famílias e reforça a característica de modelo voltado apenas para o piloto, depreciando o conforto do garupa.

Até que ponto isso modifica o comportamento da moto? Não sei dizer porque sequer rodei com o modelo "antigo" e muito menos com o modelo "novo".  Ainda não li ou ouvi reclamações, mas a linha 2013 ainda saiu muito pouco, já que a grande procura pelos modelos comemorativos está deixando os modelos normais em segundo plano.

Também não tenho freqüentado o café da manhã por estar curtindo uma "ressaca de HOG" pelo comprometimento no ano passado e diminui o contato com a turma de novos proprietários que está renovando o HOG RJ.

E por incrível que pareça, a imprensa especializada também não atentou para o detalhe presente no press release divulgado pela HDMC em novembro passado (para quem tiver curiosidade: http://www.printerpress.com.br/mailing/_img/upload/02.Linha2013_.doc ) .

Mas para quem acessa o site da HDMC e procura pelo modelo, vai encontra na terceira aba do ítem condução que a regulagem da suspensão traseira se dá pela regulagem de ar no sistema através de uma válvula escondida pelo saddle bag, tal e qual todas as tourings (http://www.harley-davidson.com/pt_BR/Motorcycles/street-glide.html#!keyFeatures ), que pode levar ao erro um consumidor menos atento.

Para quem está pensando em comprar a SG 2013, vale a pena experimentar a RK para ter certeza da escolha, ou até mesmo encarar um carnê pela diferença para uma Limited.

7 comentários:

Anônimo disse...

Fiquei muito surpreso com este post e confesso que achei que estava errado, kkkkk. Você está correto a suspensão é realmente diferente mas acredito que não seja algo ruim pois é a mesma suspensão que é utilizada nos modelos touring CVO. A Street Glide e a Road Glide utilizam esta nova suspensão. Se souber de alguém que tenha feito um "upgrade" por favor nos passe o relato.
Gustavo O

wolfmann disse...

vou viajar em Agosto e pretendo alugar a Street Glide. Se a versão americana também tiver mudado a suspensão traseira, pode ter certeza que vou dar a minha impressão de uso.

Anônimo disse...

Excelente Blog Wolfmann. Estou com uma SG a 2 meses, até agora fiz 2mil km. A suspensão nova é excelente - o sistema possibilita ajustar na "mão" - girando o ajuste, é firme, repassando segurança, sem problemas com garupa - porém, sem carupa, sem peso, em paralelepipedo, a uns 20km/h sente-se "toques para cima", mas nada que comprometa. A SG é uma moto excepcional, estabilidade impar, mesmo em velocidades extremadas e altas - freia muito, e não pega pedaleiras, mesmo deitando praticamente no limite em curvas. O som potencializa o prazer que já é sem igual de andar em uma HD. Ajustes necessários - 1Para garupa sissybar (já instalei o removível); 2. parabrisa um pouco maior para o caso de uma viagem muito longa (acima de 1.000) porém o original dá para viajar tranquilo e cabe no alforge se retirado - para um vento na cara - para tirar a SG vem com um kit de ferramentas da HD. Dica: tirar os alforges dá leveza e aumenta em demasia a utilização na cidade - até corredor dá para fazer. abs. Wagner/POA/RS

wolfmann disse...

Muito bom saber disso. Estive conversando sobre isso com o mecânico que cuida da minha moto e ele também foi favorável a essa nova suspensão pela facilidade em ajustar e achar que a mola pode ter uma ação igual ou melhor que o sistema pneumático, opinião confirmada pelo seu comentário.

Valeu por compartilhar.

Abraço.

Ferroni disse...

OLÁ WOLF, tenho uma SG 2012 com suspenção pneumática, já fui ao Chile, Rio etc, está com 15.000 km,
já fui proprietário de 3 Fat Boy e uma Road King, posso te dizer que a SG é bem diferente em relação á curvas e freio,surpreendente a qualidade de condução, sem dizer do conforto em ter a carenagem e som.
Somente quando levo garupa e malas, é que sinto a suspenção chegar no fim do curso. Somente em estradas ruins.
Mesmo após regular a suspenção conforme indica manual.Não afetando em nada a dirigibilidade.
Mas, como 90% do tempo estou só,não vejo problema nenhum.
Fiquei surpreso com a mudança na suspenção.até logo

Jorlan Fidel disse...

Wolfmann, depois de comprar a SG 2013, com a nova suspensão Showa, que substituiu a pneumática tradicional. Resolvi postar minha impressão, porque já tive a ultra, bom como fiz duas viagens consideráveis, Brasília/Ribeirão, que vc furou e Brasília/Palmas. Custei a achar a regulagem correta, indicada pelo fabricante. No manual, para somente o condutor e sem bagagem,adição de algo em torno de +- 90 kg, recomenda-se 1 volta. Com garupa e bagagem, estou usando 10 voltas completas. Não senti grande diferença de eficiência entre os dois sistemas. Minha garupa sim. De qualquer maneira, há a ENORME diferença de conforto do banco da street para a ultra. Troquei o banco e adicionei uma almofada de gel. Pronto, ela não reclamou mais. A não ser em cabeças e saídas de pontes, o que já acontecia com a ultra. Porém, devo dizer, que as semelhanças não significam apenas virtudes. Ambas têm limitações e o conforto poderia ser melhor. Mas, se fossem perfeitas, faltalmente não seriam HDs... rsrsrsrsrsrsrsrs
Abraço!

Jose Fidelis disse...

Grande Wolfmann, a suspensão da street não aguentou 15 mil km e estourou o amortecedor. Troquei por dois PS 412 e passei para uma Ultra CVO 2012, com suspensão a ar. Estive olhando as street glide CVO, mas a suspensão é a mesma da 103. Vou ficar com minha Ultra até ela perder valor suficiente para eu ter coragem de transformá-la numa sreet, como fiz com a Olívia... rsrsrsrs
Abraço!