domingo, 16 de dezembro de 2012

diretoria HOG RJ se despediu

Festa de fim de ano do HOG RJ: a festa correu muito bem, quase 300 pessoas confraternizando na Rio HD com direito a um show da Rio Rock & Blues Band além do DJ que fez todos dançarem durante a noite.


E com o final de 2012 a atual diretoria do HOG RJ aproveitou a ocasião para se despedir e dar espaço para renovar a diretoria. Os diretores Rodrigo Azevedo e Silvana de Faria, junto com o Head Road Captain Artur Albuquerque estão de parabéns pelo trabalho realizado. Um ano dedicando o tempo livre deles ao trabalho de mostrar e integrar os calouros na comunidade HD.

Vale a ressaltar o empenho dos três cabeças da diretoria para fazer do Chapter RJ uma escola para os calouros no mundo HD.
Foram passeios semanais, curtos e longos, mas sempre partindo para estrada e levando de 30 a 40 calouros para seus batismos na estrada. Com a ajuda do staff de Capitães de Estrada (eu fui um deles), o Chapter RJ fez mais de 12000kms em 2012.
Eu acompanhei  perto da metade desses Kms, de carro com a Silvana fazendo apoio ao trem ou na Fat cerrando fila e posso dizer que foi bem legal ver o desenvolvimento de vários calouros ao longo de 2012. Muitos que vi começando a rodar com suas HDs zero já formaram seu grupo menor e passaram a escolher os passeios interessantes para fazer, dentro da melhor filosofia do HOG: criar uma convivência entre os proprietários de HDs.
A diretoria, com o apoio do dealer, conseguiu organizar alguns cursos com dicas para a pilotagem em grupo (com direito a passeio para por em prática o que havia sido conversado), abriu espaço para a divulgação de cursos de pilotagem a fim de aprimorar a técnica nas HDs (sempre com valores diferenciados para os membros do HOG RJ) e ainda conseguiu colocar em prática, com o suporte da Brazil Bike Travel, a idéia de levar um grupo para se iniciar nas viagens internacionais: em final de agosto deste ano, o HOG RJ proporcionou aos colegas de Chapter,  interessados em vivenciar a experiência de rodar com uma HD nos EUA, a oportunidade de passar um final de semana prolongado em Miami/Key West fazendo vários passeios com direito a pernoite em Key West e Miami em motos alugadas. Experiência bem sucedida que rendeu vários elogios à iniciativa de fazer percursos menores dentro dos EUA privilegiando a convivência e o batismo nas estradas norte-americanas.
Além desse trabalho, a diretoria deu o pontapé para a volta do caráter beneficiente que sempre pautou as atividades do HOG no Brasil. Foram organizadas festas temáticas ao longo do ano que serviram para estreitar os laços entre os membros do Chapter e para arrecadar fundos a fim de auxiliar entidades de apoio à infância e velhice.
Não se pode deixar de mencionar o grande apoio que o dealer deu às iniciativas da diretoria, chegando a ter de  contornar alguns maus entendidos entre a diretoria do Chapter e a diretoria do HOG Brasil. Certo que chegou-se ao fim do ano com uma avaliação bastante positiva por parte do HOG Brasil do trabalho feito no Chapter RJ, que não pretende ser o melhor ou maior entre os Chapters brasileiros, mas com certeza é um dos mais agitados e marca presença exatamente pelas iniciativas que coloca em prática como a viagem internacional, a presença de uma Diretora dedicada à organização dos eventos ou o retorno das atividades beneficentes.
Enfim, parabéns ao Rodrigo pela energia que sempre contagiou os demais colegas, colocando o grupo sempre em primeiro lugar; a Silvana pela disposição na retomada dos trabalhos beneficentes e na organização da estrutura dos passeios fosse reservando restaurantes ou conversando com gerentes para ver a possibilidade de tornar o passeio mais prazeiroso; e ao Artur por ter colocado a serviço dos calouros toda a sua experiência nos milhares de quilômetros percorridos pelo mundo, a simples presença do nosso Head Road Captain nos locais já era uma atração para o passeio.
Finalmente, não se pode deixar de citar os Road Captains mais assíduos: Paulo Kastrup, Carlos Martins e Sérgio Gaspar que estiveram na maior parte dos passeios com suas motos; Fernando Tanure com suas participações nos cursos de pilotagem em grupo e os colegas que, junto comigo, se revezaram cerrando fila quando a coisa apertava: Claudio Cerqueira e Newton Valle.


O último passeio do ano está marcada para o próximo sábado, quando parte o trem de natal fazendo a entrega de brinquedos na Igreja da Penha.

Novidades sobre a nova diretoria só em 2013 já que o dealer ainda não escolheu os novos Diretores e Head Road Captain.

4 comentários:

Alexandre Marinho disse...

Parabéns pela dedicação da Diretoria Hog RJ - 2012. Infelizmente esse ano não foi possível estar presente nos passeios, participei de pouquíssimos, mas acompanhei de perto os trabalhos realizados. E que venha 2013!

Wilson Roque disse...

O Chapter do Rio foi um exemplo que vários outros chapters estão seguindo. Parabéns à Diretoria do Chapter e em especial à Silvana, por sua iniciativa nos eventos beneficentes.

Anônimo disse...

O ano de 2012 parece ter sido muito bom para o HOG. Pena q não soube fechar o mesmo com “Chave de ouro” quando deixou de fora de sua festa os funcionários e vendedores da loja Rio HD. Ter todos na festa de final de ano seria uma ótima oportunidade de aproximar cada vez mais, nós clientes e PHDs, da galera q toca a RHD, uma pena. Tive na loja nessa terça e ouvi de vários, queixas da falta de sensibilidade da diretoria do HOG de convidar aqueles q nos receberam durante o ano todo, sempre com um sorriso, durante os cafés dos sábados. Eu mesmo não sabia do ocorrido, apesar de também ser do HOG, mesmo pq comprei uma moto zero, mas pergunto. Será q depois dessa, dizer que é do HOG, não vai ser “Queimação de filme”, perante a galera da RHD? Será q não poderia ter cobrado o convite um pouquinho mais para poder trazer essa galera para a festa na cortesia? Agora só daqui a 1 ano para conserta essa “Pisada”. Achava q sendo membro do HOG poderia ser melhor atendido na RHD, mas agora, sei lá??

wolfmann disse...

Como sempre vale a versão e não o fato. A diretoria do HOG acatou negativa da gerência do dealer a um pedido de cortesia feito pelo staff: a secretária do HOG pediu cortesia para o staff do dealer e o gerente Luis Affonso, copiado no e-mail, negou o pedido antes mesmo da reposta da diretoria do HOG alegando que o caráter beneficiente da festa não condizia com a concessão de cortesias.

Não houve réplica da secretária do HOG e o assunto se encerrou antes mesmo de ser iniciado. Agora, a "pisada" é da diretoria do HOG?

Os diretores do HOG não fazem parte do staff do dealer, tratam os assuntos do HOG diretamente com a gerência do dealer em um procedimento padrão no relacionamento entre dealer e HOG e dentro dessa realidade sempre se manteve a cordialidade. Não fosse assim, o dealer talvez não tivesse mantido o apoio dado durante todo o ano.

Se existem queixas, elas não chegaram à diretoria. E posso assegurar isso porque a Diretora assistente é minha esposa e sou um dos Road Captains neste ano.

Cornetar (reclamar apenas por reclamar) é u dos esportes favoritos do brasileiro, mas ninguém reclama a quem de direito. Se sentir injustiçado e não reclamar com quem comete a injustiça é denegrir um trabalho feito.

Ao contrário do que você escreve, acho que o ano fechou com chave de ouro, com um trabalho feito para os clientes, membros ativos ou não do HOG, de integração e aprendizagem.

E se você tiver algum problema por ser membro do HOG no atendimento do dealer, recomendo o que recomendo a todos os colegas: procure a gerência, reclame no SAC. Faça como deve ser feito.

O bom atendimento é direito do consumidor e não apenas dos membros do HOG.