sexta-feira, 23 de abril de 2010

café da manhã vai ser requentado

De acordo com informações que circulam na loja HD RJ, o Chapter RJ foi o único que não assinou o "acordo da concórdia" onde o HOG empresta apoio ao revendedor autorizado. Pelo menos um dos diretores dos demais Chapters e vários proprietários assinaram a carta de apoio solidarizando-se com o revendedor e esquecendo dos problemas que passaram ou que outros colegas passaram.

Da loja HD RJ também vão assinaturas conseguidas pelos funcionários, que emprestam seu prestígio junto aos clientes para angariar as assinaturas.

Não há como repudiar a atitude dos funcionários, pois é o sustento deles que está ameaçado com o processo judicial, sendo que vários deles já foram demitidos quando da separação das outras marcas vendidas na loja HD.

O que não se pode entender é a falta de coerência dos colegas que exercem o cargo de diretores ao se colocar ao lado do representante e contra a fábrica. Na realidade, não se pode aceitar que esses colegas falem em nome da maioria (quase unanimidade não fosse a posição adotada pelo Chapter RJ) dos membros do HOG se não tem sequer legitimidade para isso. Afinal esse cargo não é fruto de uma eleição (o que seria um processo interminável em razão do número de associados do HOG) e sim uma escolha por parte do dealer que patrocina o Chapter.

Não imagino um protesto por parte dos associados contra seus diretores. A maior parte dos associados sequer vivencia o que acontece dentro do Chapter. Mas faltou coerência na atitude dos diretores do HOG que abrem mão da independência do HOG em favor de interesses do dealer local.

Dentro do processo judicial (e foi assumido por alguns funcionários na loja HD RJ que o objetivo em angariar as assinaturas é mostrar apoio ao dealer) a verdade é o que está acostado aos autos do processo e nesse processo tanto a matriz quanto o HOG forneceram provas de que o pós-venda brasileiro é uma maravilha. Pena que essa não seja a realidade brasileira.

Os "coxas" do HOG foram depilados pelo dealer em nome de um café da manhã com croissant e eclairs de chocolate... Aqui no Rio, onde os "coxas" permanecem cabeludos, a tendência é que tenhamos que levar o café na garrafa térmica porque acho que o café da manhã carioca vai passar a ser requentado.

2 comentários:

Wilson Roque disse...

Quem elogia a maneira como o representante exclusivo da marca atua no país, merece tê-lo como concessionário! Para o demais, resta esperar o final do embroglio.

HARLYSTAS - RIO GRANDE DO SUL disse...

Aqui no SUL sabemos de uma lista de clientes satisfeitos que foi encaminhada na época da ação junto ao MPE. Quanto a assinatura deste novo documento, não tenho dúvidas que foi assinado. É muito triste a postura das pessoas. Gosto de uma frase de um antigo diretor: De onde não se espera nada, não vem nada mesmo ! REI - HARLYSTAS RS