sexta-feira, 17 de julho de 2009

Rolamentos II - a missão

Rolamentos de roda continuam fazendo baixas nos passeios. O último a baixar na oficina por conta de rolamento estourado foi o Marcelo, diretor do Chapter RJ. Ao trocar pneu constatou que o rolamento havia estourado e necessitava de substituição.

Para espanto de todos, existia a peça em estoque (pelo menos foi a informação) e toca a levar a moto para a oficina HD RJ (o pneu não havia em estoque e por isso havia sido trocado em outro lugar).

Desmonta tudo e, surpresa!!!! O rolamento em estoque não era adequado para as Electra Glide com ABS. Moto parada, busca pelo rolamento, que foi encontrado na HD Cerro Corá (que parece ser o baú do tesouro pois tudo é encontrado nessa loja), mas o despacho levou três dias e reza a lenda que a moto será entregue hoje, inviabilizando um compromisso particular assumido pelo Marcelo.

Resumo da ópera: o Pós-venda continua com o mesmo nível de eficiência - perto de zero, a distribuição de peças parece ter piorado com a adoção de um sistema que disponibiliza os estoques de outras lojas como sendo estoque da loja onde a moto foi entregue para serviço e o mais perigoso - os rolamentos continuam estourando, e não estão mais restritos aos modelos Fat Boy!

Rolamento de roda é equipamento essencial para garantir a segurança na pilotagem e não pode ser relegado a simples boletim de serviço recomendando inspeção (que nem sempre é feita)! Deve ser feito recall para avaliar os rolamentos de roda e caixa de direção em motocicletas fabricadas a partir de 2007, ou no mínimo as fabricadas a partir de 2008. Não é possível acreditar em coincidências pois as ocorrências de rolamentos estourados estão se repetindo na ordem de pelo menos um colega relatando esse problema por semana! Será que vamos ter de esperar um acidente para que as providências sejam tomadas? Fica mais uma vez o alerta sobre esse problema, se sentir qualquer vibração anormal ou ouvir barulho diferente vindo dos eixos de rodas, NÃO INSISTA E PARE PARA VERIFICAÇÃO VISUAL!

4 comentários:

Pedro disse...

Olá wolfmann. Tenho uma Dyna FXD 2008 que, 3 meses após sair da loja, começou a "bater dentes" no disco de freio dianteiro, em baixa rotação. Pior, numa arrancada inicial, a moto variava até aprumar equilibrada, o que me incomodava. Levantei a moto no macaco e percebi uma folga no eixo dianteiro. Levei na oficina HD e, em 1 semana, trocaram os rolamentos. Vejo que este é um problema recorrente nas HD´s. Porém, agora percebo que as pastilhas de freio estão fazendo um ruído agudo pelo contato permanente com o disco. Na oficina HD, me disseram que é assim mesmo, ou seja, a pastilha roça colada no disco, produzindo um ruído chiado do contato. Mas não vejo isso em outras motos. Tem alguma opinião quanto a isso?
Grato.
Pedro Couto.

P.S.: Se desejar, depois entre em meu blog, www.lospedrosontheharley.blogspot.com. Será um grande prazer.

wolfmann disse...

Esse problema de rolamento está tomando graves proporções porque parece um problema de montagem ou de fabricação em motocicletas fabricadas a partir de 2008, mas como o universo de motos vendidas é pequeno em relação ao número total de vendas de motocicletas (de todos os tipos e modelos) parece que passa despercebido.
Em relação à pastilha de freio, não me parece normal que exista esse chiado. Seu relato é o primeiro que tomo conhecimento e acho que devia reclamar e fazer uso da garantia. Primeiro passo é insistir na abertura da Ordem de Serviço e de posse desse número acionar o SAC da HD. Custa tempo e paciência, muitas vezes deve fazer uso de veículos de imprensa como o Motonline (www.motonline.com.br) na seção de cartas, mas só assim você terá sossego em relação a esse chiado.
A tese da autorizada é em parte verdadeira, pois você vai ver que uma das pastilhas gasta mais do que a outra exatamente por estar em contato mais forte com o disco (a solução para isso é a adoção de discos flutuantes), mas o chiado definitivamente não é normal. Uma conseqüência dessa chiadeira é o desgaste do disco e a provavel causa do chiado é a qualidade das pastilhas, que deveriam ser trocadas e enviadas para análise.
Agradeço o convite e com certeza passarei pelo blog. Quanto mais opiniões, melhor será o uso das nossas HDs.

Daniel disse...

A minha Dyna fez esse chiado nos primeiros quilômetros até a pastilha "assentar" corretamente.

Wolf, quando você diz para fazer uma inspeção visual, é procurando pelo qu exatamente? Alguma folga ou óleo saindo do rolamento?

wolfmann disse...

Qualquer coisa de anormal que possa ser percebida visualmente.
Um rolamento estourado vai forçar o aparecimento de óleo no cubo da roda, e algumas vezes pode-se ver o espaçador deformado. O barulho caracterísitico é um "plec" ritmado que aumenta ou diminui com a velocidade em que gira a roda.
Outro rolamento que começa a ter problemas relatados é o rolamento da caixa de direção. Vale a pena dar uma olhada e verificar se a caixa de direção ainda tem graxa. Algumas motos mais novas vem saindo com pouca graxa e acabam ficando secas antes de completar os 16000 km (momento em que o manual pede para verificar a lubrificação e reaperto da caixa de direção).
Sem pânico porque os rolamentos da caixa de direção tem tido poucas reclamações e o ruído é parecido com o ruído do rolamento da roda, só que o "plec" é ouvido apenas quando a suspensão dianteira afunda.