quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

500 kms com a nova regulagem do SERT

Já rodei 500 kms com a Fat Boy depois que regulei a injeção usando o SERT em casa.

Agora é hora de uma primeira avaliação e possível mudança na regulagem utilizada até o momento.

O uso da moto ficou mais tranquilo, com uma linearidade na aceleração e melhora no consumo (de 12 km/l para 13 km/l). Nesses 500 kms usei gasolina comum BR (a pior escolha) e gasolina pódium BR (a melhor escolha) e a moto se comportou muito bem com os dois tipos de gasolina, o que me leva a concluir que a injeção tem um amplo espectro de ajustes automáticos e não importa o tipo de gasolina que você estiver usando quando remapear pois a injeção resolve o problema do combustível.

Não fiz nenhuma viagem, o uso foi urbano com algumas vias expressas (av. das Américas e Ponte Rio Niterói) e a moto sempre se comportou muito bem.

A temperatura do motor está mais baixa e o banco badlander tem sido muito agradável de usar, inclusive no transito pesado (coisa que não vinha ocorrendo), somente no engarrafamento de motos que houve na entrada da Fortaleza Santa Cruz é que senti o motor muito quente.

O problema da retomada está solucionado, e tenho falhas eventuais quando a moto desacelera causando o "efeito de flatulência" e pipocando. Esse agora será o objetivo na regulagem mais fina: terminar com os pipocos da desaceleração.

Acredito que quando acabar com esses pipocos as falhas eventuais desaparecerão.

Conclusão: o investimento na compra do SERT é válido pelas possibilidades que se abrem para regular a injeção, inclusive para regulagens finas com escapamentos, filtros e comandos de válvulas que não sejam Harley Davidson ou Screaming Eagle, e até mesmo para regular a injeção com equipamentos originais (por exemplo ativar a função que desliga o cilindro traseiro nos motores TC96 em motocicletas não touring).

No momento em que você encontra o mapa correto para a sua moto (e isso está ainda mais fácil com o Super Tuner, versão atualizada do SERT), abre-se um leque de possibilidades muito grande para melhorar a performance da motocicleta.

5 comentários:

Joao Ricardo Nassar M. Dias disse...

Perdi alguma coisa ?!?!?!?!
O que e SERT ?
Entendi que e alguma coisa que altera a injecao eletronica, mas como, quando e onde eu nao entendi.....

Abracos

Joao nassar

wolfmann disse...

João o SERT é uma interface que te permite reprogramar o chip que controla a injeção eletronica das Harleys.
Qualquer outro dispositivo não permite que a injeção seja remapeada, apenas restringe ou engana os sensores da injeção para que ela trabalhe de acordo com padrões definidos que não correspondem à realidade.
O SERT assume o VIN (número do chassi) e fica preso à moto funcionando somente com aquela moto.
A necessidade de remapear surge quando você faz mudanças importantes na entrada ou saída da mistura ar/combustível, como foi o meu caso na Fat (troquei filtro e ponteira).
Hoje ela está com o mapa correto, com parametros no mapa de acordo com o meu uso e consigo o melhor rendimento que ela pode me dar.

Joao Ricardo Nassar M. Dias disse...

Wolf, beleza....
Como voce sabe vou trocar o escape da moto por um mais "aberto".
No meu caso vou ter que colocar o SERT?
Abracos

wolfmann disse...

O SERT é a melhor opção para o remapeamento das injeções da HD, e também o de custo mais alto.
Dependendo do seu escape, você nem precisa fazer nada na moto. Como exemplo, a FX só trocou ponteira (usa a Screaming Eagle II) e não fez nenhum tipo de regulagem. A moto anda bem, é econômica e não tem nenhum tipo de problema com falhas ou detonações pós-queima.
Na FX, o remapeamento com o SERT não traria ganho significativo na performance porque usa o filtro de ar original, apesar de conseguir esfriar um pouco o cilindro traseiro com uma regulagem da mistura do cilindro traseiro.
Se você pretende somente a troca do escape te recomendo trocar e andar com a moto. Se sentir que a moto perdeu potência, como aconteceu com uma 883R de um amigo, aí você pensa em como remapear a injeção pois existem várias opções de custo menor, embora mais limitadas (Cobra F1, Xied, FuelPak, Screaming Eagle Race Fueller, Intercept - são as que me lembro agora).

Fernando disse...

Se eu tinha dúvidas em comprar o SERT, isso acabou.
Já fiz a reserva de um lá nos EUA.
Acho q o seu problema é o meu tb, da detonação (pipocos), e isso vai acabar na regulagem fina...
Abraços