quarta-feira, 21 de setembro de 2016

problemas da Fat resolvidos (até prova em contrário)

A Fat vinha com problema na cebolinha do freio traseiro.

Por conta da linha de freio não original, a Fat usa a cebolinha da Dyna.

Como o defeito não inviabilizava o uso, fui procurando pela danada: achei na HD Peças na última semana (R$70,00).

Ontem foi feita a troca, com sangria e troca do fluído (mesmo fora do prazo), além de retirar o GPS (estava apenas "enfeitando" o guidão e achei melhor tirar) e a highway peg (vou ver se cabe na CVO).

Aproveitei também para verificar o erro B1006 (curto no circuito de acessórios) e era um fio do farol auxiliar encostando na cabeça de touro.

Serviço feito pelo Adriano, e com a cebolinha nova, ficou em R$250,00.

Aos 81600 kms, o custo de uso da Fat segue inalterado em R$0,40/km.

2 comentários:

americo faria Ney disse...

fala wolf, tranquilo?
amigo, quanto você vai pedir pela fat? (se for vender é claro).
abraço forte

wolfmann disse...

Américo, ainda não pensei sobre isso com seriedade, mas com certeza vou ficar dentro do valor de mercado (R$30k a R$33k), levando em consideração o estado da moto.

Lógico que a quilometragem vai influenciar: não dá para pedir o preço de teto em uma moto de 82000 kms, assim como o estado de pneus, pintura, cromagem e bateria vão baixar o preço

Hoje um número justo seria R$28k, pois a pintura precisa ser revitalizada, o pneu traseiro já se encontra bastante gasto e bateria já vai para dois anos.

Tudo depende do que acabo fazendo, como por exemplo encontrar um Commander II para trocar o pneu traseiro. Já valoriza a moto em pelo menos o custo da troca do pneu.

Abraço.