quarta-feira, 14 de novembro de 2012

DEIC desmonta esquema de roubo de HDs

Notícia amplamente veiculada no dia de hoje, o DEIC (Departamento Estadual de Investigação Criminal) conseguiu rastrear e encontrar 31 HDs que haviam sido furtadas e serviram como base para serem customizadas e revendidas com documentos esquentados (recebi inclusive um comentário no post anterior do Guilherme com o link da matéria em um dos jornais virtuais).

A notícia fala em um customizador e um membro de "escuderia", seja lá o que os jornalistas entendam como "escuderia".

A investigação ainda deve ser aprofundada porque apenas dois suspeitos significa que o DEIC encontrou apenas a ponta do iceberg.

O modo da operação segue um padrão que já se comenta há algum tempo: as motos furtadas em evento são para atender encomendas, onde um olheiro procura a moto e passa o serviço para outros fazerem o carreto. Algumas devem ter sido furtadas pelo próprio olheiro já que era comum não travar a ignição ou a direção, coisa que mudou com os constantes furtos nos estacionamentos forçando a recolha da moto em carreta ou em furgão fechado com mais três ou mais pessoas envolvidas no furto.

Espero que a investigação prossiga e encontre não só a ponta da receptação (oficinas de customização que recebiam pedidos de motos prontas entre outros interessados), mas também os funcionários públicos encarregados de esquentar os novos números de chassi gravados no processo de legalização do cabrito montado.

Outro aspecto que considero importante é mostrar aos colegas que gostam de uma "oferta" o perigo em comprar peças sem procedência. Apenas para evitar a caça às bruxas, vale lembrar que existem muitos colegas que revendem peças que sobram em customizações, assim como existem vários colegas que revendem suas motos depois de customizá-las. Procure saber a procedência, evite as super-ofertas que aparecem em anúncios e, parece que vem sendo a prática atual, os "projetos" de customização feitos sem que a moto tenha sido comprada pelo interessado no "projeto".

Existem maças podres em todo lado, se informe antes de entrar em uma roubada... você pode acabar sendo envolvido em crime de receptação.

3 comentários:

Anônimo disse...

Adelino, pode colocar mais uns 10 na conta do "iceberg". Tem pelo menos 2 no DETRAN, mais uns 2 despachantes, mais uns 2/3 que roubam a moto, mais 1 para remarcar o chassi.... É phoda!

E o pior é o camarada que comprou a moto. Esse se F... E não tem como adivinhar. Como é que o comprador vai imaginar que a moto foi roubada, teve seu chassi adulterado, teve um novo documento gerado, etc... ?

Abraço,

Andre.

Anônimo disse...

Concordo plenamente.....; não podemos deixar acontecer o que ocorreu com as motos de velocidade, onde apareceu uma infinidade de "preparadores"....., Nossa perspectiva é outra.....; Mas, temos que denunciar coisas incomuns....., como motos de 1987 com seis marchas, injetadas e etc....; Ao ver uma moto desta já desconfiamos......; Júlio Medeiros

Bayer - Old Dog disse...

Pois é Wolfmann...

Fico triste de morar em um país onde é tão fácil ser desonesto.

Onde há tanto jeitinho, tantas maneiras de ser burlar a lei e de se ganhar dinheiro a custa do sofrimento dos outros.

O pior é que a população reclama, mas ela é parte disso. Seja dando 50 reais para o guarda, seja pagando alguém para dar uma aliviada em uma inspeção.

Afinal, esse mesmo guarda que aceita 50, esse mesmo funcionário público que aceita dar um jeitinho na inspeção, pode ser o facilitador de algo maior amanhã.

O poder público no Brasil é da maneira que ele é porque são pessoas saídas do nosso povo. Eles nos representam, por mais que achemos que não.

Queremos que a situação melhore? Temos que melhorar como povo.

Desculpe o desabafo, mas esse assunto somado a atual situação do PCC em São Paulo, está me deixando cada vez mais puto...