quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

capacete old school


Há seis meses eu ganhei de presente de dia dos pais um Bell 500 Custom.

Usei e continuo usando sempre que estou rodando nos meus trajetos urbanos, principalmente com o calor que vem fazendo.

A experiência tem sido boa, me lembrou dos tempos que andava com um capacete open face "peru sadia" na década de 80, e olha que usei muitas vezes o capacete no cotovelo.... 

Por conta disso decidi fazer a experiência com um capacete personalizado old school.

Algumas pesquisas, alguns contatos com amigos que já usavam esse modelo e acabei fechando um capacete com o Cleber Guida da CD8 Custom que trabalha em parceria com a Steel Dreams em São Paulo.

Pesou a favor dele o fato de não haver problemas com entregas (existem vários relatos de customizadores de capacete que atrasam bastante a entrega) e o pessoal do Rio com que falei me pedir para comprar o capacete (o modelo mais recomendado é o Taurus Wind ou o Pro Tork) e levar para fazer o trabalho.

Eu não achei nenhum Taurus Wind para venda (descartei o Pro Tork assim que peguei ele na mão em uma loja na Zona Norte do Rio), acabei fechando com o Cleber que fornece o capacete pronto.

Um capacete desse tipo custa entre R$150,00 e R$230,00 (preços que foi dado pelas lojas em que estive, mas foi apenas uma estimativa uma vez que eles não tinham em estoque e nem como encomendar) e o capacete pronto custou R$700,00. Aqui no Rio cheguei a cotar apenas a customização por esse preço.

Não vou entrar no mérito dos custos para fazer a personalização do capacete porque acredito que cada customizador tenha sua planilha de custos, que dificilmente será igual a do concorrente e muito menos ficar citando os artistas que fazem esse trabalho já que a maioria tem página no Facebook ou site na web.

O trabalho feito no Taurus Wind consiste em uma nova pintura, colocação de moldura cromada, remoção do forro original e substituição por um forro mais baixo e em tecido mais nobre. Como o capacete é homologado pelo INMETRO (com o forro original), o capacete personalizado chegou com selo e etiqueta na cinta que prende o capacete.

Dentro da norma legal, esse capacete está homologado (não há nenhum dispositivo que proíba a modificação de um capacete homologado), mas com certeza é bem menos seguro que o capacete na forma original. 

Lembrando sempre que mesmo o capacete na forma original não é um modelo dos mais seguros (com certeza melhor que o Pro Tork, mas bem menos seguro que qualquer capacete modular ou fechado).

A escolha do Taurus Wind é motivada pelo casco pequeno e com o forro rebaixado, encaixa na cabeça até bem embaixo deixando o capacete bem rente à cabeça (visual homem bala), coisa que o Custom 500 não consegue por conta do forro usado (forro bem mais alto no topo da cabeça, cinta em torno da cabeça e laterais bem baixas, não chega a ser um capacete grande mas te deixa com um visual formiga atômica). Esse formato mais alto do Custom 500 dá maior segurança no amortecimento do choque em caso de uma queda.

Tanto o Custom 500 quando o personalizado são confortáveis (o Custom 500 precisou ser ajustado na cinta em torno da cabeça), mas o Custom 500 tem melhor isolamento acústico.

Os cascos são em Policarbonato, tanto do personalizado quanto do Custom 500, e acredito que o personalizado tenha um casco mais fino e provavelmente vai rachar mais fácil, mas isso é o processo construtivo adotado pela Taurus visando diminuição de custos.

Em relação ao processo de compra, fabricação e entrega do Cleber Guida, nada a reclamar. Pelo contrário: sempre atendeu e respondeu os e-mails que procurei tirar as dúvidas, e uma vez dado o sinal (50%) pediu 30 dias para personalizar e fez em 20 dias. A entrega foi via Correios e acho que dei sorte: entre a data do envio e o recebimento não chegou a uma semana.

Resumo: é um capacete de estilo, para ir "na padaria", mas com uma personalização muito bem feita. Recomendo.

Para quem tiver interesse em visitar o site na web, segue o link, no instagram: cleber_steelcd8 e ainda pode ser encontrado no Facebook bastando colocar no busca CD8-Custom.

E Para quem está curioso com o meu capacete, a pintura escolhida foi uma pintura que está no site e homenageia o meu "patrocinador" das quartas feiras no Rota 66, seguem as fotos abaixo



Vista da parte traseira



Vista da parte dianteira



Vista da lateral



Vista do forro.

Próximo passo é a compra de uma pala, como no Custom 500, mas está em falta no Rio: encontrei em Jundiaí, na Zelão Racing uma pala feita originalmente para o Zeus 380 F.

17 comentários:

CCM-SP disse...

Ficou muito bonito, bela escolha e excelente patrocinador, parabéns!

Wilson Roque disse...

Gostei. Ficou muito bacana. Não usaria um pela falta de viseira. Como uso óculos permanente, fica complicado usar o goggle exigido pelo CBT, neste tipo de capacete.

wolfmann disse...

Comandante, pegue um capacete seu e mande reformar, personalizando a pintura e fazendo um trabalho no forro. Vai pagar a arte do customizador que escolher.

Abraço.

Wilson Roque disse...

Boa idéia. Acho que vou fazer isto sim. Tenho um par (meu e da minha esposa/garupa) que merece um trabalho deste e ficará muito legal depois de reformado e com a pintura personalizada. Obrigado pela sugestão.

wolfmann disse...

Depois posta o resultado.

americo faria Ney disse...

ficou mto bom, o cara é bom. a propósito, abriram inscrições para o teste ride da indian scout, estou curioso com a sua opinião sobre a moto.
abraço

wolfmann disse...

Américo, aqui no Rio o test ride está sendo realizado hoje é apenas com a Scout.

Sábado é sempre muito atarefado e por mais curioso que esteja sobre a marca, não vai dar. Deixei um comentário para tentar uma marcação,durante a semana, e conseguindo estarei postando as impressões.

Marcos Almeida disse...

Duas dicas: achei palas numa loja que lava motos no Itanhangá, uns dois quilômetros depois do motel Hawaii; esperimente a viseira bolha. Comprei recentementeum Biltwell Bonanza e ele só perde a aparência de cabeçudo com um dos acessórios.
Outra: os capacetes old school do Joe King são bem acabados - vale dar uma olhada.

wolfmann disse...

Marcos, comprei a pala em Jundiaí: R$15,00, frete expresso de R$12,00 e chegou na minha mão no dia seguinte: tá de bom tamanho. Vou postar o resultado.

Eu não gosto do Bubbke Shield por ser fixo: me incomoda não abrir a viseira, prefiro os googles que trouxe dos EUA. Cobrem os óculos de grau e não são desproporcionais em relação a um capacete old school.

Eu vi os capacetes do Joe King, mas os relatos de atrasos na entrega são tantos que dou preferência a quem tem mais respeito com o consumidor, e o capacete da CD8 não deve nada ao capacete do Joe King.

Abraço.

Anônimo disse...

Na choppertown tem o flip up para usar com o bubble shield:
http://www.choppertown.com.br/acessorios/flip-up-transparente.html
Já vi umas pessoas usando, fica legal.
Guilherme

Leonardo Silva disse...

Olá boa tarde. tudo bom?! Estou pesquisando para comprar a primeira HD. Estou interessado na blackline e gostaria de ouvir a opinião de quem entende mais. Abraços vlw.

wolfmann disse...

Leonardo, devo ter comentado sobre a Blackline em alguns posts, vou fazer um resumo: é uma Softail com motor Twin Cam 96 ci (1600 cc), caixa de seis marchas, rodas raiadas, garupa fraca, altura do banco baixa e guidão problemático para pilotos com menos de 1,78 por deixar os braços bem esticados. Tem comandos avançados, o que também atrapalha um pouco os pilotos baixos.

Dependendo de como você pretende usar a moto, seu tamanho e se vai andar garupado pode te trazer alguns custos para deixar usável.

Eu gosto do modelo, das suspensões e do motor. Para pilotos mais altos é uma moto sem maiores adaptações para usar.

Abraço.

Leonardo Silva disse...

Olá wolfman, boa noite. Eu li os post's e tb os comentários, mas alguns eram um pouco antigos. Eu fiquei em dúvida se era bom negócio por ela ter saído de linha, mas quero muito ter uma. Fiz uma oferta em uma 2013 candy orange. Estou aguardando resposta tomara q dê certo.. Obg pela atenção seu blog tem me sido muito útil. Abraço

Leonardo Silva disse...

Obs: tenho 1,85 e o dono falou q trocou o guidão e o escapamento por Scream Eagle

wolfmann disse...

Leonardo, uma HD fora do catálogo não é motivo para ser considerada como um mau negócio. A Blackline tem toda a mecânica, elétrica e eletrônica em comum com outras softails, como a Fat Boy, Heritage e Deluxe e portanto não vai te trazer maiores problemas para mantê-la.

Com 1,85m nem o guidão original seria um problema e um escapamento SE é sempre bem vindo.

Espero que saia negócio.

Abraço.

Rodrigo disse...

Só para complementar.
Comprei o Taurus Wind em Porto Alegre po 94,00 na Street Motos.
Já retirei os adesivos. Depois vou procurar um customizador.

Unknown disse...

Boa tarde wolfmann
Eu ganhei um capacete old ,ele é bem diferente dos que eu já vi na Internet, só que ele está sem o forro e queria customizar ele.
Você conhece ou pode indiciar alguem que faz o forro?
Abraços