quinta-feira, 3 de julho de 2014

AGV Blade perto do final da vida útil

Como não tenho feito viagens longas, o AGV GP Tech tem alternado pouco com o AGV Blade. Com isso o Blade tem tido um uso bastante frequente e já começa a abri o bico, balançando na cabeça.

O uso mais intenso com a temperatura mais baixa (não chega nem perto das temperaturas do Sul do Brasil ou mesmo de São Paulo e Minas Gerais) mostrou também que a viseira não tem a efetiva vedação deixando frestas para entrada de vento.

Na comparação com o Nolan N-43, o AGV Blade mostrou uma vida útil menor em cerca de seis meses: o N-43 aguentou em perfeitas condições de uso cerca de dois anos (http://wolfmann-hd.blogspot.com.br/2012/10/n-43-fim-da-vida-util.html) enquanto o Blade chegou a ano e meio desde que comprei e coloquei em uso (http://wolfmann-hd.blogspot.com.br/2012/11/agv-blade-e-seus-concorrentes.html).

A última viagem do N-43 foi Milwaukee no ano passado, quando abandonei-o no hotel para não trazer na mala novamente e atualmente meu capacete reserva é um AGV Bali que foi da minha irmã (capacete aberto também, mas muito mais chegado a um "cocão" que o Blade) que tem a vantagem de ser devidamente selado.

No momento estou usando a mesma técnica que usei quando usava o N-43: uma bandana para evitar que o casco fique balançando com o vento (http://wolfmann-hd.blogspot.com.br/2013/06/a-volta-do-n-43.html), mas já vou começar a buscar alternativas para Blade, inclusive importados sem o selo já que o Bali é selado e cobre qualquer exigência legal.

As opções que vejo atualmente para os capacetes abertos seriam um novo AGV Blade (que gostei bastante mesmo com a vida útil), um novo Nolan N-43 (bastante versátil, inclusive para a estrada com o uso da queixeira), um LS2 OFF559 (Silvana tem um e gosta dele) ou a evolução do N-43: o Nolan N-44.

O mais barato é o LS2, mas parece estar saindo de linha: poucas ofertas na web e ainda não fui procurar nas lojas de equipamentos aqui no Rio.

O mais caro é o Nolan N-44: 250 Euros na FC-Moto, mais o imposto de importação e frete o que deve deixar o custo bem próximo de R$1000,00.

Confesso que fiquei um pouco decepcionado com a vida útil do Blade e não estou inclinado a comprar outro igual, o Nolan N-43 já tem custo ligeiramente mais baixo que o N-44: 200 Euros, mas é um capacete que foi substituído e a diferença não é significativa para justificar a escolha por um capacete que ficou ultrapassado.

Como vou viajar novamente este ano, vou procurar o N-44 para avaliar ao vivo e decidir a troca do Blade no final do ano. Até lá, bandana na cabeça.

8 comentários:

Wilson Roque disse...

Tenho usado o Shark Evoline desde 2009. O mais recente, Evoline III, comprei nos EUA em 2012 quando fiz a viagem de 3 semanas com um Tri Glide. Apesar de um pouco mais pesado do que o Nolan, tenho me adaptado bem.

Bayer // Old Dog disse...

Não esqueça que os Nolans costumam ser mais leves. O LS2 apesar de bem acabado e com classificação de segurança boa, tende a "pesar" mais na cabeça na estrada.

Akira disse...

Uma dúvida Wolfmann,

Como você sabe quando o capacete está no fim da vida útil?

Akira disse...

(ficou incompleta minha dúvida na pergunta anterior).

É, como vc sabe quando o capacete está no fim da vida útil? Quando ele balança na cabeça, como frouxo? Nesse caso, não poderia trocar as espumas internas?

Alexandre Marinho disse...

Na sua ida a Europa experimente um Schuberth. Eu gosto muito. Em porto tem pelo menos duas lojas:

PORTO
Motorcycles World
Morada: Rua de Camões nº346 Porto
Tel: 222 073 360
email: triumphporto@netcabo.pt
Website: http://www.triumph-porto.com

Motoboxe
Morada: Rua Camões 726, Porto
Tel: 225 507 739
email: info@motoboxe.pt
Website: http://www.motoboxe.pt

wolfmann disse...

Senhores, vamos por partes:

Bayer, esse capacete só vai para a estrada em uma improvisação muito grande. Meu capacete de estrada continua sendo o AGV GP Tech. A idéia do capacete aberto é uso na cidade, por isso cogito o LS2.

Roque, pelo mesmo motivo (uso urbano) não cogito um capacete modular. Além do peso (quase 300g mais pesado que o GP Tech e quase 600g mais pesado que o Blade), eu tenho muita desconfiança do mecanismo modular.

Marinho, o Schuberth é sempre uma opção, mas nunca estive com um na mão e o modelo aberto (J1) custa um pouco mais caro que o N-44 e seria uma opção para trazer na viagem, dependendo da avaliação. Além desses representantes, na Anadia tem a Lusomotos que é representante da Shark, além de outras marcas e se tiver tempo, visitarei.

Akira, o capacete não pode ficar frouxo na sua cabeça. A proteção do capacete funciona de duas formas: o casco externo tem finalidade de proteger o osso do crânio de fratura e o revestimento interno tem finalidade de absorver a energia cinética (originada no movimento) e evitar um tranco no cérebro (que está em suspensão) que posso trazer edema ou coágulo.

Sendo assim, sempre que o capacete começa a ficar laceado e passa a permitir que a sua cabeça se movimente dentro do capacete, deve ser substituído senão você estará usando um "boné" grande.

Fazer novo enchimento ou diminuir o tamanho interno de um capacete grande para o seu uso é contra-indicado por estar alterando a absorção da energia cinética. Essa absorção depende muito mais do forro em isopor do que da espuma do acabamento e o forro de isopor tem a tendência natural de fadiga ficando mais fino e diminuindo a capacidade de absorção.

O outro fator que diminui a vida útil do capacete são os pequenos tombos ao longo do uso. Esses tombos e batidas vão afetando o casco externo deixando o mesmo frágil e podendo rachar com mais facilidade.

Um capacete cheio de mossas é tão ruim quanto um capacete rachado e deve ser substituído.

Não existe prazo de validade para um capacete. Existe sim uma análise das condições do seu capacete e um capacete sem condição de funcionar com segurança é um capacete inútil.

Frederico Augusto Pereira disse...

Eu tenho um N44 storm e digo que é de longe o melhor capacete que eu já tive.

Resolveram os problemas que os antigos tinham, como a abertura parcial da viseira, agora não embaça mais, barulho, etc.

Pode comprar sem medo que não se arrependerá.

Abraços.

Guto.

Akira disse...

Obrigado pela resposta ! Gosto de ler teu blog, é como uma aula !