sexta-feira, 13 de abril de 2012

Megacycle

Já começou o evento do Megacycle em São Lourenço.

Vários colegas partem para lá amanhã e para quem tem interesse no evento é bom se programar para dormir fora da cidade.

Como no ano passado, uma das atrações principais é a corrida de arrancada e mais uma vez o companheiro Aluísio Bindemann vai competir.

Sorte e boa prova!

3 comentários:

Leandro disse...

Não participei da arrancada, mas o caminho até a cidade é muito bonito e vale muuuito a pena. Achei o evento um pouco desorganizado, mas de modo geral estava muito animado e tinha moto de tudo quanto é tipo e gosto. Fiquei em uma cidade vizinha também muito legal e penso em voltar qualquer hora para ficar mais tempo já que a região também é conhecida como 'circuito das águas medicinais'. abs e fica a recomendação pra galera que deseja conhecer a região =)

Homem Teste disse...

Olá Wolfmann, ano passado estive aqui para dizer que compraria uma HD, especificamente a XR 1200X.

Comprei em janeiro, rodei, e não é que a moto com 2000km, vazou óleo e a garantia teve que ser acionada. Uma merda. A moto vai ficar parada quase 60 dias (ou mais) até chegarem as peças dos EUA.

Para a minha decepção, claro, os amigos que só tem outras marcas, como suzuki, kawasaki e honda, zombam de mim. Acredito que foi erro de montagem, pois quando a retirei da concessionária, já vazava óleo mas levei lá e achei que tinha sido solucionado.

Quero até ver se a HD vai me dar alguma coisa por 2 meses pagando a prestação da minha moto, ou seja, quase 2000 reais, pra ela ficar parada na garagem deles. Ô concessionárizinha incompetente.

Abraço

Cleiton Pessoa
Arq. Goiânia-GO

wolfmann disse...

Cleiton, use o Código de Defesa do Consumidor: sessenta dias é inadmissível para importação de peça.

É aborrecido ter de usar a justiça, mas você obterá não só uma solução para a motocicleta como a reparação do dano material (dois meses pagando sem usar) e o dano moral (constragimento junto aos amigos).

Salvo engano o prazo para a substituição completa do bem é trinta dias. Se esse entendimento permanecer válido, seria o caso da substtituição completa da motocicleta se o reparo não ocorrer em trinta dias.